AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO ACÚSTICO

  • Home
  • AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO ACÚSTICO

Ensaio de campo para determinação do isolamento a ruído aéreo de vedações verticais externas – fachada de dormitório

A metodologia de medição é especificada na norma ISO 16283-3 e está baseada na emissão de ruído na área externa, com uma fonte onminidirecional, formando um ângulo de 45º com a fachada, e medição dos níveis de pressão sonora em bandas de terço de oitava na área externa a uma distância de 2 metros da fachada e no interior do dormitório (receptor). A diferença entre os níveis, com uma correção segundo as condições acústicas do recinto receptor (obtidas através do tempo de reverberação), resultam na diferença de níveis padronizada (D2m,nT), que é convertida em um número único através da ISO 717-1, obtendo a diferença padronizada de nível ponderada (D2m,nT,w), que é o valor comparável com os níveis de desempenho da ABNT NBR 15575-4.

Ensaio de campo para medição do isolamento ao ruído de impacto em sistemas de pisos

A metodologia de medição é especificada na norma ISO 16283-2 e está baseada na emissão de ruído de impacto, através de uma máquina de impactos padronizada, no recinto superior (emissor), e medição dos níveis de pressão sonora em bandas de terço de oitava (de 100 Hz a 3150 Hz) no recinto subjacente (receptor). O nível registrado é processado com uma correção, segundo as condições acústicas do recinto receptor (obtidas através do tempo de reverberação), e resulta no nível de pressão sonora de impacto padronizado (L´nT). Este é convertido em um número único através da ISO 717-2, obtendo o nível de pressão sonora de impacto padronizado ponderado (L´nT,w), que é o valor comparável com os níveis de desempenho da ABNT NBR 15575-3.

Ensaio de campo para medição do isolamento a ruído aéreo de paredes internas entre unidades, áreas comuns e sistema de piso

A metodologia de medição é especificada na norma ISO 16283-1 e está baseada na emissão de ruído em um dos ambientes através de uma fonte sonora omnidirecional, e medição dos níveis de pressão sonora em bandas de terço de oitava (de 100 Hz a 3150 Hz) no recinto onde a fonte está localizada e no recinto contíguo (receptor). A diferença entre os níveis, com uma correção segundo as condições acústicas do recinto receptor (obtidas através do tempo de reverberação), resultam na diferença de níveis padronizada (DnT), que é convertida em um número único através da ISO 717-1, obtendo a diferença padronizada de nível ponderada (DnT,w), que é o valor comparável com os níveis de desempenho da ABNT NBR 15575-4 e 3.

Ensaio de campo de avaliação do isolamento a ruído de sistemas hidrossanitários

Sendo este critério apenas informativo na ABNT NBR 15575 Parte 6, esta avaliação é realizada quando a construtora desejar proporcionar também este isolamento junto com os demais itens que são obrigatórios. Avaliação realizada em relação aos ruídos gerados por banheiros de uma unidade e percebidos pela unidade do pavimento inferior.

Nossos Equipamentos

Todos os equipamentos utilizados são calibrados por Laboratórios acreditados pela RBC/Inmetro.